Caixa de dicas

Para navegar na "Escola Filosófica" escolha um assunto na barra lateral direita e acesse os conteúdos presentes. No caso de atuais alunos, os trabalhos requeridos em sala de aula estarão contidos em "exercícios" - vocês encontrarão possíveis dicas em matérias.

A "Escola Filosófica" está ON novamente!!

Escolas Helenísticas



Chamamos de Escolas Helenísticas as quatro escolas gregas que surgiram após a morte de Sócrates. Possuindo a busca da felicidade como tema comum, tais escolas (e seus autores) ainda são estudadas nos dias atuais por muitos pesquisadores - haja visto a atualidade de seus temas. Vamos descobrir um pouco mais sobre elas?

Características gerais:

a) Escolas desenvolvidas no interior da Grécia (IV a.C. – I d.C.).
b) Cada escola ensina diferentes “modos de vida”, buscando (em comum) alcançar a felicidade.
c) Possuem herança socrática, ao conceberem que o homem está imerso em misérias – devendo, pois, refletir para alcançar a tranquilidade.
d) Muitos dos filósofos deste período se tornaram conselheiros de imperadores e nobres.

Principais ideias:

Epicurismo: Escola fundada por Epicuro (324 – 271 a.C.), propunha que o ser humano deve buscar o prazer,  pois tal é o princípio de uma vida feliz. Porém, distinguia dois tipos de prazeres: os duradouros (conversação, contemplação); e os imediatos (as paixões, que resulta em dor e sofrimento). Precisamos, pois, através da reflexão, dominar os prazeres imediatos para desfrutarmos de uma vida sem dor (ataraxia). 

Estoicismo: Segundo os estóicos, toda realidade existente é racional. Pela Filosofia podemos compreender a ordem racional deste mundo e viver segundo ele. Diferentemente dos epicuristas que propunham o prazer, os estóicos(principalmente Zenão) propõe o dever da compreensão como melhor caminho para a felicidade (eudaimonia). 

Ceticismo ou Pirronismo: Segundo essa escola (cujo principal autor é Pirro) todo conhecimento é incerto, duvidoso. Por isso devemos suspender nosso juízo e não afirmar nada como verdadeiro, com o intuito de alcançarmos a tranquilidade. Para tanto, seguiam o seguinte esquema: 

Cinismo: Escola cujo principal representante é Diógenes (chamado de Sócrates Louco). O nome provém da palavra grega kyon (cachorro), pois pregavam uma vida semelhante à dos cães. Segundo tal escola, o homem deve conhecer a si mesmo (tal como Sócrates pregava), desprezar todos os bens materiais e ter liberdade de discurso.

Um abraço, meus nobres! E vamos que vamos.

2 comentários:

  1. Nossa,muito obrigada
    Esse site foi o único que me ajudou realmente para minha pesquisa para escola.

    Novamente muito obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Bom Queria que vc continuasse seu blog está me ajudando muito por favor nao pare

    ResponderExcluir

Entrem em contato comigo!

danilosvagera@hotmail.com

Contador