Caixa de dicas

Para navegar na "Escola Filosófica" escolha um assunto na barra lateral direita e acesse os conteúdos presentes. No caso de atuais alunos, os trabalhos requeridos em sala de aula estarão contidos em "exercícios" - vocês encontrarão possíveis dicas em matérias.

A "Escola Filosófica" está ON novamente!!

Atividade nº01 - Fernando Pessoa

Lisbon Revisited
(l923)

NÃO: Não quero nada.
Já disse que não quero nada.
Não me venham com conclusões!
A única conclusão é morrer.
Não me tragam estéticas!
Não me falem em moral!
Tirem-me daqui a metafísica!
Não me apregoem sistemas completos, não me enfileirem conquistas
Das ciências (das ciências, Deus meu, das ciências!) —
Das ciências, das artes, da civilização moderna!
Que mal fiz eu aos deuses todos?
Se têm a verdade, guardem-na!

Sou um técnico, mas tenho técnica só dentro da técnica.
Fora disso sou doido, com todo o direito a sê-lo.
Com todo o direito a sê-lo, ouviram?

Não me macem, por amor de Deus!
Queriam-me casado, fútil, quotidiano e tributável?
Queriam-me o contrário disto, o contrário de qualquer coisa?
Se eu fosse outra pessoa, fazia-lhes, a todos, a vontade.
Assim, como sou, tenham paciência!
Vão para o diabo sem mim,
Ou deixem-me ir sozinho para o diabo!
Para que havemos de ir juntos?
Não me peguem no braço!
Não gosto que me peguem no braço. Quero ser sozinho.
Já disse que sou sozinho!
Ah, que maçada quererem que eu seja da companhia!
Ó céu azul — o mesmo da minha infância —
Eterna verdade vazia e perfeita!
Ó macio Tejo ancestral e mudo,
Pequena verdade onde o céu se reflete!
Ó mágoa revisitada, Lisboa de outrora de hoje!
Nada me dais, nada me tirais, nada sois que eu me sinta.
Deixem-me em paz! Não tardo, que eu nunca tardo...
E enquanto tarda o Abismo e o Silêncio quero estar sozinho!

PESSOA, Fernando: Poemas de Álvaro de Campos. In: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/jp000004.pdf


Atividades propostas:
. Leia com atenção o poema. Qual a posição do hetorônimo em relação aos conhecimentos filosófico, científico e transcendente? Explique.
. Identifique, no poema acima, elementos que façam referência (explícita ou implícita) a campos filosóficos. Crie 3 perguntas filosóficas referentes a cada campo encontrado.
. Explique a seguinte passagem: "Sou um técnico, mas tenho técnica só dentro da técnica.Fora disso sou doido, com todo o direito a sê-lo.Com todo o direito a sê-lo, ouviram?"

5 comentários:

  1. O texto que o povo achava q eu ia suicidar por causa do perfil no orkut! hahaha

    ResponderExcluir
  2. Como vou saber se minhas respostas estão certas?

    ResponderExcluir
  3. Cara Raíssa, sua resposta pode ser enviada tanto para o próprio blog quanto para meu email (escolafilosofica@gmail.com). As atividades serão recomendadas, para o caso de atuais alunos, em sala de aula. No caso da comunidade em geral, as questões ficam como sugestões.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada pela sugestão, vc salvou meu dia hoje, pois estava louca atrás de uma atividade. Fui pega de surpresa para dar aula hoje.
    obrigada.
    Meu blog http://irasartori.blogspot.com
    Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Esse poema é tudo de bom!
    Grata por ter encontrado na net (e sem mutilações).

    ResponderExcluir

Entrem em contato comigo!

danilosvagera@hotmail.com

Contador