Caixa de dicas

Para navegar na "Escola Filosófica" escolha um assunto na barra lateral direita e acesse os conteúdos presentes. No caso de atuais alunos, os trabalhos requeridos em sala de aula estarão contidos em "exercícios" - vocês encontrarão possíveis dicas em matérias.

A "Escola Filosófica" está ON novamente!!

Sutilezas Lingüísticas

"Navegar é preciso; viver não é preciso"

Embora creditada por muitos como uma frase de Fernando Pessoa, tal pertence originalmente à Pompeu - general e político romano. Nela encontramos a palavra "preciso", que nos lega a idéia imediata de "necessário". Desta forma o navegar se torna necessário e o viver, desnecessário.

Uma análise atenta nos leva a considerar outra interpretação: o viver não é preciso: numa linguagem formalizada poderíamos considerar como algo não(preciso), ou seja: impreciso. Dessa forma a frase ficará assim posta:

Navegar é preciso; viver é impreciso

Vemos que à partir de agora o navegar é preciso na medida em que denota precisão: navegamos com instrumentos e racionalidade - previsibilidade e retidão, sobretudo. Já viver é impreciso, ou seja, algo fortuito, imprevisível, efêmero - dessa forma, curvilíneo e não racional.

Fernando Pessoa, que cita Pompeu num famoso poema atribui ao preciso o valor de necessário - como na nossa primeira interpretação - e acrescenta versos. Confiram:

Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa:
"Navegar é preciso; viver não é preciso".
Quero para mim o espírito [d]esta frase,
transformada a forma para a casar como eu sou:

Viver não é necessário; o que é necessário é criar.
Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso.
Só quero torná-la grande,
ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e a (minha alma) a lenha desse fogo.
Só quero torná-la de toda a humanidade;
ainda que para isso tenha de a perder como minha.
Cada vez mais assim penso.
Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue
o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir
para a evolução da humanidade.
É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça.


O campo da Filosofia que se preocupa com a análise formal da linguagem denomina-se Filosofia da Linguagem (integrada à Lógica). Já ao campo da Filosofia que nos oferece reflexões sobre processos de interpretação chamamos hermenêutica.

3 comentários:

  1. Quando li a frase "Navegar é preciso" logo a relacionei com a navegação na internet (um terrível engano, concordo) mas assim surgiu uma dúvida_ Até que ponto a digitalização da juventude influência nos conceitos que essa forma?
    A força que a internet e os meios de comunicação exercem sobre nós é muito grande, sendo que quando não se tem pré-conceitos a mídia nos impõem uma verdade absoluta.
    Fico, agora, mais cuidadosa ao lidar com ideias, verdades e conceitos que me são transmitidos.

    ResponderExcluir
  2. Ótima sugestão de tema, cara Raíssa..!
    Em breve postarei algo relacionado !

    ResponderExcluir
  3. Olá professor Danilo, eu tenho um blog e estava escrevendo algo a respeito da frase " Navegar é preciso; viver é impreciso" e tomei como base teu texto, ele é muito esclarecedor, coloquei o link do teu texto ao final do meu post no blog. Parabéns pelo blog!! Desde já agradeço!

    ResponderExcluir

Entrem em contato comigo!

danilosvagera@hotmail.com

Contador